-
-
-
-
-
-
-
-
-

Governança e Compliance

A Auren possui um Programa de Compliance formalmente implantado, que tem como objetivo atendimento a legislação e regulamentação vigente, além de estar alinhando com as exigências da listagem da Auren no segmento do Novo Mercado da B3.

Em 2022, foi desenvolvida e aprovada pelos órgãos de governança uma Política de Compliance e Anticorrupção que orienta a nossa atuação em relação a temas de integridade, prevenção à fraude, combate à evasão fiscal, relacionamento com o poder público, práticas anticoncorrenciais, doações e patrocínios, entre outros.

Nesse sentido, no mesmo ano, também foi desenvolvido e aprovado um novo Código de Conduta, aplicável aos colaboradores, administradores, fornecedores e outros stakeholders, que versa sobre temas comportamentais (como combate ao assédio e discriminação), práticas anticorrupção, relacionamentos comerciais, com investidores, confidencialidade, conflito de interesses etc. O Código de Conduta reforça a vivência da ética e integridade de todos no dia a dia, reiterando o compromisso com um futuro justo e íntegro.

A Auren possui uma área responsável pelo Programa de Compliance em sua estrutura organizacional, submetida atualmente a Gerência Executiva Jurídica Societário, Governança Corporativa e Compliance, que se reporta a Diretoria Jurídica, que por sua vez possui reporte direto ao Diretor Presidente da Auren.

Confira abaixo a estrutura de Compliance e Governança Corporativa da Auren:

Para mais informações acesse nossa Política de Compliance e Anticorrupção.

Movimento 100% Transparência – Pacto Global

A Auren aderiu ao Movimento 100% Transparência – Pacto Global ONU em 2022, que tem como objetivo encorajar e capacitar as empresas para ir além das obrigações legais, fortalecendo mecanismos de transparência e integridade para torná-las mais resilientes e exemplos de sucesso para as demais empresas do país. As ações e compromissos das metas do Movimento consistem no atingimento de cinco metas até 2030 sobre temas como integridade da remuneração da alta administração, transparência das interações com a administração pública, treinamento de integridade para a cadeia de valor, transparência dos canais de denúncia, da estrutura de compliance e governança corporativa.

Informe de Governança Corporativa